Total de visualizações de página

sábado, 19 de maio de 2012

OS PRINCIPAIS FATOS DO ÚLTIMO MILÊNIO

         OS PRINCIPAIS FATOS DO ÚLTIMO MILÊNIO
Ano 1000 - Os chineses usam a pólvora em fogos de artifício. 
Ano 1026 - Guido d'Arezzo introduz a clave de sol  (dó, ré, mi, fá...)
Ano 1066 - Os normandos conquistam a Grã-Bretanha. 
Ano 1089 - O papa Urbano II conclama os cristãos à primeira cruzada. 
Ano 1206 - Genghis Khan transforma-se no lider dos mongóis. 
Ano 1215 - Fundação das modernas democracias com a assinatura da Carta Magna. 
Ano 1258 - Os mongóis conquistam Bagdá.
Ano 1271 - Marco Polo parte de Veneza rumo à China.
Ano 1273 - Summa Theológica deTomás de Aquino.
Ano 1300 - Início da Renascença na Itália.
Ano 1314 -  Dante Aliguieri escreve a Divina Comédia. 
Ano 1347 - A peste bubônica se alastrapela Europa. 
Ano 1428 a 1.519 - Período em que o Império Azteca domina o México. 
Ano 1453 - Queda de Constantinopla.
Ano 1455 - Joannes Gutemberg lança a primeira tiragem de 200 Bíblias compostas em tipografia. Até então eram escritas por escribas. 
Ano 1478 - A Inquisição espanhola é promovida pelos reis Fernando e Isabel.
Ano 1492 -Cristóvão Colombo descobre a América.
Ano 1500 - Pedro Álvares Cabral descobre o Brasil.
Ano 1513 - Maquiavel escreve "O Príncipe". 
Ano 1517 - Martinho Lutero lança as 95 teses da Reforma na Igreja.
Ano 1543 - Nicolau Copérnico estabelece o postulado segfundo o qual o Sol é o centro do Universo.
Ano 1582 - O papa Gregório XIII introduz o calendário utilizado até os nossos dias.
Ano 1592 - Willian Shakespeare torna-se uma celebridade na dramaturgia inglesa.
Ano 1609 - Galileu Galilei faz a primeira observação astronômica com um telescópio. 
Ano 1637 - Descartes cria a geometria analítica. 
Ano 1664 - Moliére termina o Tartufo. 
Ano 1721 - Bach compõe o Concerto de Brandemburgo.
Ano 1764 - Início da Revolução Industrial na Inglaterra.
Ano 1760 - Mozart, aos 8 anos, escreve sua primeira sinfonia.
Ano 1776 - Declaração de Independência dos Estados Unidos.
Ano 1785 - Herschei mapeia a Via Lâctea. 
Ano 1789 - Queda da Bastilha.
Ano 1815 - Batalha de Waterloo. Napoleão Bonaparte é derrotado. 
Ano 1822 - D.Pedro I declara a Independência do Brasil.
Ano 1826 - Niepce faz a primeira fotografia.
Ano 1846 - O dentista William Morton aplica éter em um paciente e realiza a primeira cirurgia sem dor. 
Ano 1848 - Marx e Engels escrevem O Manifesto Comunista.
Ano 1859 - Chales Darwin publica A Origem das Espécies. 
Ano 1860 - Lenoir desenvolve o primeiro motor de combustão interna.
Ano 1865 - O presidente americano Abraham Lincoln é assassinado. 
Ano 1867 - O Japão põe fim ao período Shogun e inicia a modernização de sua sociedade.
Ano 1876 - Graham Bell patenteia o telefone.
Ano 1879 - Thomas Édison constrói a lâmpada incandescente com filamento de carbono. 
Ano 1880 - Inglaterra, Bélgica, França, Alemanha, Itália, Portugal e Espanha iniciam a colonização da África. 
Ano 1885 - Daimler e Benz desenvolvem o motor a gasolina. 
Ano 1888 - O Brasil abole a escravatura. 
Ano 1891 - Friedrich Nietzche publica Assim Falou Zaratustra. 
Ano 1895 - Os irmãos Lumière projetam o primeiro filme de cinema. 
Ano 1896 - Marconi realiza a primeira transmissão por rádio. 
Ano 1898 - Pierre e Marie Curie descobrem a radioatividade.
Ano 1899 - Sigmund Freud publica A Interpretação dos Sonhos. 
Ano 1903 - Os irmãos Wrigth põem no ar o primeiro aeroplano. 
Ano 1905 - Albert Einstein anuncia a Teoria da Relatividade: E=mc2.
Ano 1906 - Santos Dumont voa com o 14-Bis. 
Ano 1907 - Pablo Picasso e braque fundam o cuibsmo. 
Ano 1912 - Rutherford descreve o átomo. 
Ano 1914 - O assassinato do arquiduque Ferdinando, da Áustria, em Sarajevo, precipita a I Guerra Mundial. 
Ano 1917 - Lenin lidera a Revolução Bolchevique. 
Ano 1918 - Mulheres inglesas ganham o direito ao voto.
Ano 1922 - Stalin assume a secretaria-geral do Partido Comunista Soviético. 
Ano 1926 - Baird faz a primeira demonstração da TV
Ano 1927 - O Cantor de Jazz é o primeiro filme falado. 
Ano 1928 - Alexandre Fleming descobre a penicilina. 
Ano 1929 - Crash da Bolsa de Nova York. 
Ano 1933 - Adolf Hitler é eleito chanceler da Alemanha. 
Ano 1939 - A Alemanha invade a Polônia. Começa a II Guerra Mundial. 
Ano 1945 - A bomba atômica é jogada em Hishima e Nagasaki. È criada a ONU. 
Ano 1949 - Mao Tsé-tung lidera a Revolução Chinesa. 
Ano 1951 - Pincus inicia pesquisa sobre a pílula anticoncepcional.
Ano 1953 - Crick e Watson descrevem a estrutura do DNA. 
Ano 1957 - A União Soviética põe no espaço o primeiro satélite, o Sputnik I. 
Ano 1959 - Che Guevara e Fidel Castro derrubam o ditador cubano Fulgêncio Batista. 
Ano 1962 - Abertura do Concílio Vaticano II, pelo papa João XXIII.
Ano 1963 - John Ftzgerard Kennedy é assassinado em Dallas. 
Ano 1965 - Os Estados Unidos começam o bombardeio mais pesado no Vietna. 
Ano 1966 - A Xerox lança a primeira máquina de faz da História. 
Ano 1967 - O sul-africano Chiristian Barbard realiza o primeiro transplante de coração. 
Ano 1968 - Os estudantes vão às ruas em Paris. 
Ano 1969 - Pelé faz o milésimo gol. Armstrong e Aldrin andam na Lua. Surge o primeiro videocassete da Sony. 
Ano 1971 - A Intel põe no mercado o primeiro microprocessador. 
Ano 1972 - Pong, o primeiro videogame. 
Ano 1975 - Bill Gates e Paul Allen fundam a Microsoft.
Ano 1976 - Steve Jobs lança o Apple I. 
Ano 1978 - Em 16 de outubro, Karol Joseph Wojtyla torna-se o papa João Paulo II. Louise Brown é o bebê de proveta número 1. 
Ano 1979 - Walkman, da Sony entra no mercado. 
Ano 1981 - A IBM lança o PC. 
Ano 1982 - O computador é escolhido "a máquina do ano" pela revista Time. Surge o primeiro produto comercial resultante da engenharia genética: a insulina humana. 
Ano 1989 - Cai o Muro de Berlim.
Ano 1990 - Surge a Word Wide Web. 
Ano 1991 - A CNN transmite a Guerra do Golfo ao vivo.  Gorbachev é apeado do poder. É o fim da União Soviética. 
Ano 1997 - A ovelha Dolly mostra sua cara. 
Ano 1998 - O grande escândalo sexual entre Bill Clinton, presidente americano, e Mônica Lewinsky.
Ano 1999 - Acesso gratuito à Britânica na Internet. 
A evolução humana continua acelerando de forma geométrica. No último século do milênio o mundo progrediu mais do que em toda sua história conhecida. Para onde vamos?
Nicéas Romeo Zanchett







terça-feira, 1 de maio de 2012

OS DIFERENTES GRUPOS DO ORIENTE MÉDIO

                              OS DIFERENTES GRUPOS DO ORIENTE MÉDIO
                                                   Por Nicéas Romeo Zanchett 
                    A região que compreende o Oriente Médio está localizada na porção oeste do continente asiático e é conhecida como Ásia Central. A população em torno de 260 milhões de habitantes está distribuída numa extensão territorial de mais de 6,8 milhões de quilômetros quadrados. 
                   Trata-se de uma das áreas mais conflituosas do mundo. São muitos os fatores que contribuem para isso, entre eles: a sua própria história - local de origem dos conflitos entre árabes, israelenses e palestinos; a posição geográfica, no contato entre três continentes; suas difíceis condições naturais com falta de água - a maior parte dos países  ali localizados é dependente de água dos seus vizinhos; a existência de grandes recursos estratégicos no subsolo - petróleo.
                     Para entender o Oriente Médio é preciso considerar a história e suas tradições, conhecer e compreender as distinções básicas existentes naquela região. Árabes, curdos, turcos e persas são grupos étnicos, enquanto xiitas e sunitas são seguidores de correntes do islamismo. Deve-se levar em conta o fato de que nem todo o muçulmano é árabe, como também nem todo o árabe é muçulmano. 
                     Os árabes são o maior grupo étnico do Oriente Médio. São maioria no Egito, Jordânia, Síria, Líbano, Iraque, nos países da península Arábica e nos territórios sob a Autoridade Palestina. Também estão presentes nos países do norte da àfrica. O grupo é originário da península Arábica, de onde se espalharam , a partir do século 7, em uma grande corrente migratória provocada pela expansão do islamismo. Entretanto, não é a religião o principal fator que os une e sim a língua que pertence ao tronco semítico (assim como o hebraico). 
                    Os persas são descendentes de povos indo-europeus que chegaram à região do Irã através da Ásia Central por volta do ano 1000 a.C. Sua língua é escrita em caracteres árabes. 
Os turcos são originários da Ásia Central, de onde migraram por volta do século 10. Eles formam mais de 80% dos habitantes da Turquia. Seu idioma era escrito em caracteres árabes até 1929, quando se adotou o alfabeto latino. É preciso não confundir árabe com turco. Essa confusão teve origem por ocasião da entrada de imigrantes em nosso país (Brasil) quando árabes usaram passaporte turco como documento oficial para aqui serem aceitos. 
                    Os curdos formam o maior grupo étnico sem Estado do mundo. Eles ocupam um território de cerca de 500 mil quilômetros quadrados que engloba parte da Turquia, Irã, Iraque, Síria, Armênia e Azerbaijão. Seu idioma é indo-europeu, como o persa, mas a grafia é variável. Os curdos da Turquia usam o alfabeto latino, enquanto os da Síria, Iraque e Irã usam o árabe. 
A religião exerce um forte domínio sobre este povo, onde 90% da população é seguidora do islamismo. O islamismo tem duas principais vertentes: o sunismo e o xiismo com mais de 1.3 bilhões de seguidores em todo o mundo. Os sunitas são a maioria, cerca de 85% do total. A palavra sunismo vem do árabe sunnat annabi ("tradição do profeta").  Os xiitas são maioria apenas no Irã, Iraque e Barem. Entre as diferenças  destaca-se o gestual realizado durante as orações. 
                    A maioria dos muçulmanos da Turquia é sunita. A população, naturalmente, é distribuída de forma muito desigual com 80% de turcos e apenas 18% de curdos. 
No Irã os xiitas são maioria esmagadora. Os persas compõem 66% da população. Há ainda os azeris, que falam uma língua correlata ao turco, curdos e árabes. 
                    A Arábia Saudita é o berço da cultura árabe e do islamismo. Foi lá que nasceu Maomé e é lá que ficam as cidades mais sagradas do Islã, Meca e Medina. A maioria da população é sunita. 
                    Meca é a cidade mais sagradas para todos os muçulmanos. Ali está o santuário da Caaba, local de peregrinação anual (hajj) construído por Abraão, o patriarca bíblico. Todo o fiel deve fazer suas cinco orações diárias voltado para Meca.
                    Medina é o segundo lugar mais sagrado para qualquer fiel do Islã. É  a cidade que guarda os restos mortais do profeta Maomé e foi o local para onde ele fugiu no ano de 622. Essa fuga é chamada de Hégira e marca o início do calendário muçulmano. 
                    Karbala é um santuário xiita onde está o túmulo de Hussein, neto de Maomé. Ele acreditava ser o sucessor do profeta, mas quem assumiu o trono foi Yasid. Seu assassinato marcou o cisma  entre os xiitas - seguidores de Ali, pai de Hussein - e os sunitas. É considerada a quarta cidade mais sagrada do xiismo.
                    Najaf, localizada a 160 Km ao sul de Bagdá, é o terceiro local de adoração dos xiitas. Lá está o túmulo de Ali, genro de Maomé e pai de Hussein. Os xiitas consideram Ali como legítimo sucessor de Maomé. Ao contrário de Meca e Medina, a cidade é aberta aos muçulmanos. 
                   Mashhad, cidade próxima à fronteira com o Afeganistão, é onde está o túmulo do imã Ali al Rida, mártir para os muçulmanos xiitas.  É um importante centro de peregrinação no Irã, considerada a quinta cidade mais sagrada  do xiismo.
                    Jerusalém está situada nas montanhas da Judeia, entre o mar Mediterrâneo e o mar Morto. Possui locais sagrados para três religiões monoteístas: judaísmo, islamismo e cristianismo. É o maior centro de tensão do Oriente Médio e a terceira cidade mais sagrada para os sunitas (cristãos e judeus também a tem como um santuário sagrado) Lá está situada a mesquita do Domo da Rocha, de onde Maomé teria ascendido aos céus. 
                    As fronteiras das novas nações, definidas de acordo com interesses europeus e americanos, geraram e continuam gerando vários conflitos. 
                     Os novos Estados árabes - Iraque, Kuwait, Síria, Líbano e Jordânia, vivem em conflitos por recursos naturais. O mais grave ocorreu na Palestina, para onde, até o final da Segunda Guerra Mundial, havia migrado cerca de 500 mil judeus.  Quando foi criado o Estado de Israel, cinco países árabes o atacaram. Foi a primeira das guerras entre árabes e israelenses.  
Nicéas Romeo Zanchett 
LEIA TAMBÉM >>> GOTAS DE LITERATURA UNIVERSAL